sexta-feira, agosto 26, 2011

ThunderCats 2011: Conheça os personagens e o resumo da história de cada um!

Mais uma coisa legal que se deve passar adiante, para quem curtiu ThunderCats nos anos 80 agora tem a oportunidade de curtir uma nova versão em 2011, no blog herói X tem algumas informações super legais, segue abaixo:
ThunderCats 2011 logo
Por: M. Barreto
Sem dúvida, um dos top 10 melhores desenhos americanos dos anos 80/90, ThunderCats retorna à ribalta com um remake exibido pelo Cartoon Network.
Em um estilo anime, com traços e enredo mais dinâmicos, os novos gatos do trovão tem tudo para se tornar novamente um febre. Originalmente, os ThunderCats eram um povo alienígena altamente tecnológico que vem à Terra (terceiro mundo)após seu planeta natal, Thundera, ser destruído por um fenômeno natural (qualquer semelhança com Superman e Krypton é mera coincidência). No remake, Thundera é um dos Reinos do terceiro mundo, o mais próspero, sendo muito parecido com a Inglaterra da literatura da idade média, com grandes castelos, uma corte guerreira, tecnologia escassa e magia nas mãos de feiticeiros.
Tecnologia, aliás, é uma das subtramas da história. Enquanto os Thunderianos são rústicos e não acreditam em tecnologia, os lagartos (será uma mudança nos nomes dos mutantes ou mutantes são lagartos evoluídos?) possuem alto poder tecnológico. Lion-O, o príncipe leão de Thundera, acredita em “tecnologia” e se aventura indo a um mercador comprar todo tipo de parafernalha que nem ele sabe para que serve.
thundercats 2011 lion-o
thundercats 2011 tygra
Lion-O é um jovem em busca de seu caminho, ele tem um coração gentil, nos dois primeiros episódios da série, ajuda um cachorro-humanóide a evitar ser espancado por Thunderianos e de dois ladrões lagartos presos serem mortos por uma multidão, conseguindo até o aval de seu pai para libertá-los. Rei Claudius, aliás, é tudo o que um rei medieval precisa ser: forte, inteligente, orgulhoso e honrado. Ele tem dois filhos, o mais velho é Tygra e o mais novo é Lion-O. Nosso querido gatinho invisível não pode suceder Claudius, pois é de uma linhagem diferente, ou seja, não é um leão, mas um Tigre (Adotado?). Contudo, Tygra é mais sábio, forte e centrado do que o irmão mais novo.
thundercats 2011 cheetara
Cheetara aparece diversas vezes durante os dois primeiros episódios, salvando Lion-O. Ela está muito mais jovem do que sua versão original e sua velocidade se deve ao fato dela fazer parte do Clero de Thundera, liderados pelo poderoso feiticeiro Jaga. Este, aliás, continua uma figura paternal com Lion-O sempre o aconselhando a ter fé em si mesmo.
thundercats 2011 panthro
Sentiram falta de Panthro? Nós também. O nosso Arnold Macgato (mistura de Arnold Schwarzenegger, Macgyver e gato, uma pantera na verdade) mal deu as caras nos dois primeiros episódios. Por enquanto, só sabemos que Panthro é bem mais velho do que na série clássica e é amigo pessoal de Claudius, sendo um valioso general enviado em busca do Livro dos Presságios junto de Grune, outro grande general ThunderCat.
thundercats 2011 snarfmon
thundercats 2011 willykit
thundercats 2011 willykat
Snarf é realmente Snarfmon, uma versão Pokémon do que era no original, contudo conseguindo se meter no mesmo numero de situação engraçadas do que antes. Wilykit e Kat, como se apresentam os gêmeos, estão bem menores do que na versão anterior (passaram de pré-adolescentes à crianças). Eles aparecem como dois ardilosos ladrões de rua que conseguem se virar muito bem nas ruas de Thundera.
thundercats 2011 escamoso
Escamoso está asqueroso como sempre, sendo tão perigoso quanto o vilão que apareceu no piloto da série clássica e não o fracote dos episódios posteriores.
Mumm Ra o de vida eterna 2011
Mumm Ra, o de vida eterna, foi derrotado há muito tempo por ThunderCats ancestrais, os quais fundaram Thundera e forjaram os artefatos de Omens, dos quais fazem parte a Espada Justiceira e seu Olho de Thundera e O livro dos Presságios. Agora ele está de volta e tudo o que ele quer é destruir os Thunderianos e obter o poder de Omens.
O que foi mostrado até agora nos primeiros três episódios está agradando muito, espero que continue assim. Toda sexta tem mais!
Em breve, farei um resumo de cada um dos episódios até agora (Amanhã sai o 4º).
thundercats 2011 especies

A generosidade de Luis Soriano

Olá amigos, hoje encontrei um post show de bola, e como acredito que o que é bom a gente tem que compartilhar, leiam abaixo o artigo:

A generosidade de Luis Soriano



Moro em Venda Nova há cinco anos e quando comento que aqui tudo é mais acessível e perto, levando em conta as distâncias que se tem de percorrer quando vivemos numa cidade grande e desejamos ir à biblioteca pública, por exemplo, a maioria das pessoas não consegue ter uma real dimensão do que eu falo.

Aqui em quase todos lugares conseguimos chegar com dez minutos de uma linda caminhada entre cantos de pássaros e lindas paisagens... Na pior das hipóteses, levamos cinco minutos de bicicleta. No entanto... A biblioteca "é longe".

Reproduzo abaixo um pequeno texto publicado pela Agência Brasil que Lê contando a história da imagem acima "o Biblioburro", ela demonstra como há pessoas que têm dificuldades realmente para ter acesso a livros e a informações. 

No entanto, mesmo assim, conseguem ultrapassar as barreiras da preguiça, das limitações, da miséria social, alcançam seu objetivo maior e iluminam a escuridão com a esperança empregnada nas palavras escritas...

Salve Luis Soriano, aquele que sabe que "longe" é um lugar que não existe!

Sandra Küster • Bibliotecária

 
****
Por João Augusto
 

Realizar. Eis o que buscam os homens que sonham alcançar a eternidade, deixar o nome pela história, marcado em efemérides. Mas há quem seja tão grandioso que desconheça o privilégio de ser sozinho, e escolhe ser aos pares. 

Decide partilhar a única certeza que carrega embaixo do chapéu surrado dos dias quentes nos campos colombianos. Ali, escondido entre o fim e o começo do que pode parecer nada, Luis Soriano estendeu a mão a gente que nem conhecia. 

E levou esperança, conhecimento, alegria, nas cestas cheias de livros, penduradas em dois burros, batizados Alfa e Beto. Professor de ofício, ele acredita que, de alguma forma, a leitura pode melhorar a vida das pessoas. 

O Biblioburro, como ficou conhecida a iniciativa, é mais do que um projeto social. É uma lição de humanidade. 

Um ato que pede a história, não pela genialidade de quem o pratica, mas pela generosidade de Luis Soriano de oferecer a tantos outros a oportunidade de realizar.
 

* João Augusto é escritor, poeta e editor da Revista Brasil Que Lê.